A 10ª temporada de Chicago Fire retornou na última quarta-feira (23) à grade de programação da NBC. No intitulado “Fire Cop”, Severide (Taylor Kinney) e Pelham (Brett Dalton) tiveram grandes momentos em cena. Enquanto o primeiro precisou se desdobrar em uma nova investigação, o último ainda lidava com dilemas de sua chegada no esquadrão 51 de Chicago.

Quer saber todos os detalhes sobre a série? Leia nosso recap completo!

(NBC/Reprodução)(NBC/Reprodução)Fonte:  NBC 

Chicago Fire 10×13: incêndios e maldições atingem os bombeiros

O episódio se inicia com Stella (Miranda Rae Mayo) retornando ao esquadrão depois de algum tempo longe para se dedicar exclusivamente ao programa Girls On Fire. Mas engana-se quem acredita que ela tenha desistido da ideia. A personagem quer continuar trabalhando ao lado de seus amigos, mas manter seu projeto ativo.

E depois de uma reunião inesperada para acertar algumas questões pendentes sobre esse assunto, os bombeiros foram chamados para conter um incêndio que estava ocorrendo em um apartamento no centro da cidade. Uma das vítimas está desesperada para salvar sua irmã ainda dentro da residência, mas quando Gallo (Alberto Rosende) invade o local, não encontra ninguém.

No entanto, a situação para o jovem não era favorável e por pouco não perdeu sua vida, com Stella sendo muito ágil em seu resgate. Gallo parecia muito abalado, recebendo o apoio direto de Violet (Hanako Greensmith), que checou seus sinais vitais. Inclusive, os dois ainda estavam tentando se acertar em meio a outras questões.

Severide então descobre mais sobre a relação das irmãs que moravam juntas no apartamento. Julia (Symera Jackson), que havia pedido ajuda dos bombeiros, era a principal suspeita do incêndio. Segundo relatos da polícia, Courtney (Chelsea M. Davis), a irmã mais velha, e ela tinham várias passagens ligadas a incidentes de distúrbios domésticos.

Embora Julia tenha sido detida, Severide ainda acreditava que ela era inocente. Portanto, ele pede que Seager (Andy Allo) o deixe participar das investigações. Enquanto tudo isso acontecia, Pelham seguia com problemas internos relacionados à sua posição no esquadrão 51, indo para um dos escritórios considerados como amaldiçoados da sede.

Apesar desse problema, sua jornada parece ser muito mais desafiadora para ele mesmo do que qualquer superstição. Severide também enfrentava as hipóteses que já estavam postas aos bombeiros, pois sua crença na inocência de Julia o fez caçar provas para libertá-la. Ao conversar com Courtney, ele descobriu informações valiosas sobre o acidente que havia provocado o incêndio.

(NBC/Reprodução)(NBC/Reprodução)Fonte:  NBC 

Dessa maneira, o episódio termina quando Julia é libertada. Para a surpresa de Severide, a jovem já tinha sido esfaqueada enquanto estava detida. Mas tudo fica bem para a garota, tranquilizando a mente do bombeiro que só conseguia pensar em seu casamento com Stella. Os dois conseguem conversar sobre o assunto e demonstram ansiedade diante do próximo grande evento de suas vidas.

O que será que vai acontecer daqui para frente? Não perca o próximo episódio de Chicago Fire na NBC!



TecMundo