A fabricante Realme apresentou nesta segunda-feira (28) a nova tecnologia de recarga de bateria que estará presente nos celulares da fabricante. O anúncio foi parte da conferência da companhia que serve de aquecimento para a MWC 2022.

Trata-se de uma nova geração da UltraDart, arquitetura que já era utilizada nos modelos da companhia. Desta vez, entretanto, ela será capaz de atingir números ainda mais impressionantes — como ir de zero até 50% da carga de um dispositivo em apenas cinco minutos.

A Realme ainda não revelou quanto tempo leva para que a carga chegue a 100%, mas a ideia deve envolver bater o modelo da Xiaomi, que faz isso em 19 minutos (é natural que as últimas etapas de carregamento desacelerem o processo).

A meta é trabalhar com a arquitetura nos próximos anos para que carregadores de até 200W sejam lançados sem prejudicar tanto a bateria dos aparelhos. Segundo a marca, as baterias de lítio são capazes de manter 80% da carga mesmo após 1 mil ciclos completos, além de não ultrapassarem a temperatura de 43ºC em nenhuma ocasião.

A estreia da nova geração da UltraDart acontecerá com o Realme GT Neo 3, que terá um carregador de 150W e ainda não foi anunciado oficialmente — isso só deve acontecer no segundo semestre deste ano.





Olhar Digital