A fabricante de dispositivos vestíveis fitness Fitbit anunciou nesta quarta-feira (2) o recall das pulseiras inteligentes da família Ionic.

Segundo a empresa, a bateria de íon-lítio desses modelos pode sobrecarregar “em ocasiões muito limitadas”, o que acaba gerando um risco de queimadura na pele dos usuários. Ao todo, mais de 100 reclamações de aquecimento da região e 78 denúncias de queimaduras foram reportadas.

A Ionic foi vendida entre 2017 e 2020 e já é considerada obsoleta pela companhia. Só nos Estados Unidos, mais de um milhão de unidades foram comercializadas, além de cerca de 693 mil ao redor do mundo. Outros dispositivos da mesma marca não foram afetados pela falha e podem ser utilizados normalmente.

A Ionic.A Ionic.Fonte:  Fitbit 

Eu tenho uma, e agora?

A companhia recomenda que todos os usuários da Ionic parem imediatamente de usar o produto para evitar novos ferimentos.

Qualquer pessoa que é dona de uma pulseira inteligente Fitbit Ionic está apta a receber um reembolso da empresa, além de um cupom de desconto da fabricante. Para isso, é preciso inicialmente acessar o site do recall e fazer um rápido cadastro para receber as orientações.

A Fitbit vai então confirmar a sua conta e remover a sincronia do aparelho com a base de dados, deixando ele inutilizável. Só então você deve fazer o envio para a fabricante ou então reciclá-lo por meios próprios na sua região.



Olhar Digital