Um homem foi condenado a pagar uma multa de R$ 12,2 mil a sua ex-namorada por danos morais (R$ 5 mil) e materiais (R$ 7,2 mil) após uma briga em dezembro de 2020, onde a agrediu fisicamente e arremessou seu celular no chão. A decisão foi tomada pela 1ª Turma Recursal dos Juizados Especiais do Distrito Federal.

Segundo informações do processo, o casal manteve uma relação por um ano, quando ocorreu o episódio. O réu alegou que não existiam provas que lhe atribuíssem a destruição do celular, além de questionar o depoimento de uma das testemunhas. O agressor ainda alegou que a acusação por danos morais eram incabíveis, visto que “seriam objeto de ação penal em andamento”.

Leia mais…



Olhar Digital