O Twitter anunciou nesta quinta-feira (3) a expansão do projeto de moderação colaborativa da rede social, que foi lançado oficialmente em 2021.

Trata-se do Birdwatch, que envolve a identificação de postagens falsas ou controversas e a adição de “notas” que adicionam contexto e explicam exatamente a situação descrita no tweet.

Após fazer pequenos testes e receber muitas sugestões dos usuários, o Twitter está pronto para fazer a expansão do programa. Ainda assim, ela será bastante gradual: por enquanto, só “um pequeno grupo de usuários dos Estados Unidos” terá acesso aos recursos. A fase piloto envolveu ao todo 10 mil pessoas.

O funcionamento das contribuições do Bitdwatch.O funcionamento das contribuições do Bitdwatch.Fonte:  Twitter 

Uma das novidades técnicas é que as notas do Birdwatch aparecerão de maneira mais visível e destacada na tela, além de reforçar aos participantes que utilizem fontes confiáveis e digam sempre a origem de informações contidas nas correções.

A rede fez ainda parcerias com as agências de notícias Associated Press e Reuters para que eles avaliem a qualidade das notas criadas pela comunidade.

Os usuários selecionados ou voluntários do Birdwatch podem identificar publicações falsas e adicionar notas contextuais às postagens. Além disso, eles devem aprovar as notas de outras pessoas, indicando os aspectos positivos de cada contribuição.





TecMundo