No último domingo (29), os fãs de cinema puderam conferir uma nova edição do Oscar. Em meio a diversas polêmicas, como as oito categorias gravadas, e uma certa falta de respeito com os discursos dos vencedores — quem percebeu o cineasta Ryusuke Hamaguchi sendo praticamente arrancado do palco? — algo que ninguém esperava aconteceu.

O Oscar 2022 vai ficar marcado para sempre na história como o “Oscar do Tapa”, tudo isso provocado por uma piada de muito mau gosto feita por Chris Rock sobre a atriz Jada Pinkett Smith, esposa de Will Smith. Mas essa não foi a única gafe da noite e, muito menos, de todas as cerimônias realizadas nesses mais de 90 anos.

Abaixo, você confere uma lista cheia de momentos vergonhosos que deram o que falar. Aproveite!

7. A Branca de Neve

(Oscars/Reprodução)(Oscars/Reprodução)Fonte:  Oscars 

Em 1989, Allan Carr foi incumbido da tarefa de produzir o show do Oscar daquele ano. Inspirado por um musical que gostava muito, no qual a Branca de Neve era uma das protagonistas, ele decidiu inovar. No entanto, as coisas não foram muito bem recebidas pela plateia e menos ainda pelos espectadores. Estima-se que a audiência naquela noite bateu recordes e a vergonha alheia também.

Além de números musicais que não cativaram ninguém, o que inclui a participação do ator Rob Lowe flertando com a Branca de Neve, foi a primeira vez em que o Oscar não contou com um apresentador e, também, a primeira vez em que utilizaram o jargão “And the Oscar goes to…”. Posteriormente, a Disney decidiu processar a Academia pelo uso indevido da Branca de Neve.

6. In Memoriam

(Oscars/Reprodução)(Oscars/Reprodução)Fonte:  Oscars 

Em 2017, algo muito estranho aconteceu durante a apresentação do tradicional vídeo que traz uma homenagem aos artistas e profissionais da área audiovisual que faleceram no último ano. Quando a figurinista Janet Patterson surgiu na tela, na verdade, a foto de uma outra pessoa foi exibida. Neste caso, da produtora australiana Jan Chapman.

A gafe pode ter passado despercebida para muitas pessoas, afinal, ambas trabalhavam por trás das câmeras, mas a confusão causou um grande choque em Chapman que, inclusive, era muito amiga de Janet Patterson.

5. Os vencedores no jornal

(Los Angeles Times/Reprodução)(Los Angeles Times/Reprodução)Fonte:  Los Angeles Times 

Quando o favorito … E o Vento Levou (1939) foi indicado ao Oscar 1940, muitos já sabiam que a produção épica iria faturar muitos prêmios na noite de entrega das estatuetas. E embora, de fato, tenha sido uma noite histórica, pois Hattie McDaniel se tornou a primeira atriz negra a vencer o Oscar em uma época de muita segregação, a cerimônia também foi marcada pelo spoiler do jornal Los Angeles Times.

Os nomes de todos os vencedores de todas as categorias tinham sido publicados na primeira página do caderno de entretenimento horas antes da festa ser iniciada.

4. O pior apresentador do Oscar

(Oscars/Reprodução)(Oscars/Reprodução)Fonte:  Oscars 

Seth MacFarlane foi o apresentador da cerimônia de 2013. Logo no início da transmissão, ele fez uma espécie de chamada de vídeo com alguém se passando pelo Capitão Kirk, de Star Trek, para saber o que aconteceria no futuro sobre aquela noite. De forma engraçada, havia manchetes que mostravam que MacFarlane tinha se tornado o pior apresentador da história.

Com isso em mente, ele tentou fazer isso acontecer de verdade. Um dos números mais vergonhosos da noite se deu quando ele mesmo decidiu cantar sobre os corpos das indicadas à Melhor Atriz, falando, entre outras coisas, sobre seus seios.

3. O peladão

O ator David Niven estava no palco da 46ª edição do Oscar prestes a anunciar a entrada da atriz Elizabeth Taylor quando um homem totalmente pelado invadiu o palco. Embora tenha mantido a pose, a plateia não conseguiu se segurar e todos ficaram chocados com o que tinham acabado de ver.

Taylor deu algumas gargalhadas quando já esteva em posse do microfone. O homem em questão, que tinha conseguido burlar a segurança, era Robert Opel, um fotógrafo.

2. Amy Schumer x Kirsten Dunst

(Getty Images/Reprodução)(Getty Images/Reprodução)Fonte:  Getty Images 

Não apenas o embate entre Will Smith e Chris Rock deixou a cerimônia do Oscar 2022 mais pesada. Um momento específico, de pura vergonha alheia, foi protagonizado pela comediante Amy Schumer, uma das apresentadoras da cerimônia.

Ao falar sobre as pessoas contratadas pelos produtores para preencherem espaços específicos na plateia, de forma inusitada, ela retirou Kirsten Dunst de onde estava sentada para conversar com Jesse Plemons. A atitude de Schumer foi criticada nas redes sociais e ela se pronunciou sobre o assunto dizendo que jamais teve a intenção de desrespeitar a atriz.

1. La La Land x Moonlight

Por fim, uma das coisas mais inesperadas que já aconteceram durante a entrega do Oscar. Quando as estrelas Faye Dunaway e Warren Beatty entraram no palco para anunciar o grande vencedor da noite em 2017, a expectativa era saber qual filme entre Moonlight, de Barry Jenkins, ou La La Land, de Damien Chazelle, iria vencer. Beatty abriu o envelope e não entendeu o que estava escrito, mas Dunaway logo disse que o vencedor era La La Land.

Acontece que o filme musical não era o vencedor. A empresa que realiza a auditoria dos votos no Oscar sempre tem dois envelopes para a mesma categoria e, durante uma falha de um dos funcionários, o segundo envelope de Melhor Atriz — com o nome de Emma Stone por La La Land — foi entregue à dupla de apresentadores.

Gostou da lista? Qual desses momentos ficou marcado para sempre em sua memória?



Olhar Digital