A AMD anunciou na segunda-feira (4) a aquisição da startup Pensando, especializada na otimização de data centers. O negócio gira em torno de US$ 1,9 bilhão, o equivalente a R$ 8,9 bilhões pela cotação atual.

Fundada em 2017, a Pensando atende clientes como IBM Cloud, Microsoft Azure, Oracle Cloud e Goldman Sachs, entre outros gigantes do mundo corporativo. A sua plataforma possui um processador de pacotes programável que pode ser distribuído em rede para acelerar vários serviços de infraestrutura simultaneamente.

Este processo alivia a carga de trabalho da CPU e aumenta o desempenho geral do sistema, em combinação com a pilha de software. A empresa afirma ainda que a solução fornecida oferece um desempenho de 8 a 13 vezes maior que as concorrentes em implementações de nuvem do mundo real.

O processador da plataforma da Pensando trabalha com latência mínima.O processador da plataforma da Pensando trabalha com latência mínima.Fonte:  Pensando/Divulgação 

“A união com a AMD ajudará a acelerar o crescimento em nosso negócio principal e nos permitirá buscar uma base de clientes muito maior em mais mercados”, comemorou o CEO da Pensando, Prem Jain. O negócio ainda passará pelo crivo das autoridades antitruste, tendo previsão de ser concluído até o final do primeiro semestre.

Ampliando o portfólio da AMD

Nos últimos anos, a tradicional fabricante de processadores tem expandido seu portfólio, com um olhar especial para o negócio de data centers. Recentemente, A AMD adquiriu a Xilinx, desenvolvedora de matrizes programáveis em campo (FPGAs), e agora terá um pacote mais completo de serviços para soluções na nuvem com a compra da Pensando.

“Hoje, com a aquisição da Pensando, adicionamos uma plataforma líder de serviços distribuídos ao nosso portfólio de CPU, GPU, FPGA e SoC adaptável de alto desempenho”, afirmou a presidente e CEO da AMD, Lisa Su. Para ela, a fusão possibilitará à companhia desenvolver um “data center de ponta com o melhor desempenho, segurança, flexibilidade e menor custo total de propriedade”, concorrendo com as principais líderes do mercado.



TecMundo