O iFood fechou uma parceria com as empresas Lacta e Le Biscuit para realizar a primeira entrega de ovo de Páscoa usando drones. A ação faz parte da campanha ‘Criando laços #CadaPedacinhoAproxima’ que estreia nesta quarta-feira (13).

No início de janeiro, a Anac autorizou o uso de drones pela companhia, mas de maneira limitada. O iFood pode enviar pacotes apenas em rotas de até três quilômetros e para cargas de até 2,5 kg em todo o Brasil — as entregas serão realizadas pela Speedbird Aero.

“Acreditamos que o drone delivery vem somar o processo como um todo. Além de diminuir o tempo de entrega, a parceria entre modais terrestres e aéreos estreita também relações entre profissionais e pessoas”, disse o cofundador e CEO da Speedbird Aero, Manoel Coelho.

O curta mostrará como os drones podem ajudar as pessoas a se conectarem por meio do chocolateO curta mostrará como os drones podem ajudar as pessoas a se conectarem por meio do chocolateFonte:  iFood 

Entrega via drones

O pequeno filme montado para a campanha mostrará todo o percurso de uma entrega emocionante requisitada por um neto, que mora em Florianópolis, para a avó, residente de Barra dos Coqueiros — desde a gôndola, passando pelo operador de drone e voar, até chegar nas mãos da vovó. Originalmente, o delivery demoraria até 55 minutos, contudo, o uso do drone encurtou o tempo para apenas 15 minutos.

“A Páscoa é uma data sobre conexão e o Lacta e iFood funcionam como conectores nesse momento, literalmente aproximando um neto e sua avó que estão distantes fisicamente para vivenciar a magia dessa data tão especial”, disse a diretora de marketing de chocolates da Mondelez Brasil, Renata Vieira.

Apesar da campanha, por enquanto, o iFood ainda está realizando testes de entregas via drones em rotas específicas e deve continuar assim por algum tempo. A companhia não divulgou quando começará a usar drones para delivery em todo o Brasil.



TecMundo