A série Vikings inicia acompanhando a jornada de Ragnar Lothbrok. O guerreiro do norte enfrenta batalhas sangrentas e conspirações políticas, ao mesmo tempo que sua vida pessoal vai ganhando mais detalhes. E é assim que conhecemos Björn, Ubbe, Hvitserk, Sigurd e Ivar, os filhos de Ragnar. Com a morte do protagonista na quarta temporada, são eles que passam a dividir a atenção dos episódios, até a conclusão da série.

Mas o quanto do que foi mostrado se aproxima do real? A primeira coisa que precisa ser dita é que o próprio Ragnar possivelmente não existiu da maneira como a série mostrou. Ele é a soma de diversos vikings que fizeram alguns grandes feitos e que, com o tempo, foram atribuídos a uma mesma pessoa. Ou seja, é muito pouco provável que Björn, Ubbe, Hvitserk, Sigurd e Ivar tenham sido irmãos, embora existam registros de que os cinco realmente existiram em algum momento.

Começando com Björn Ironside, que era um chefe viking nórdico e rei da Suécia. As sagas escandinavas dizem que ele realmente foi filho de um Ragnar e atribui-se a ele o início da dinastia sueca Munsö. Porém, não se sabe como ele morreu, o que sugere que tenha sido de velhice ou de alguma doença, ao contrário de seu destino trágico em Vikings.

Ubbe foi baseado no guerreiro Ubba. Ele foi um dos comandantes do Grande Exército Pagão que invadiu a Inglaterra anglo-saxônica na década de 860. Os registros da sua morte são imprecisos, mas acredita-se que Ubba tenha morrido em 878, quando liderava o exército viking na Batalha de Cynwit.

Os filhos de Ragnar com Floki.Os filhos de Ragnar com Floki.Fonte:  IMDb 

Com Hvitserk a história já começa a ficar um pouco mais complexa, porque ele foi baseado em três personagens históricos diferentes: Hvitserk, Halfdan Ragnarsson e Guthrum. Hvitserk é mencionado no Conto dos Filhos de Ragnar, o que sugere que ele pode ser uma lenda ou uma mistura de outros vikings, incluindo Halfdan Ragnarsson, mas não há registros que confirmem esta teoria.

Já Halfdan foi o primeiro rei viking da Nortúmbria e pode ter governado a Dinamarca ao lado de Sigurd. Ele morreu em 877, na Batalha de Strangford Lough. Finalmente, Guthrum era rei da Ânglia Oriental e um dos líderes do Grande Exército de Verão e morreu em 890.

Sigurd é o que mais se aproxima do que foi mostrado em Vikings. Segundo as sagas, ele foi um rei dinamarquês e era filho de Ragnar e Aslaug. Ele morreu em 887, e embora não se saiba como ele morreu, sabe-se que ele não foi morto por Ivar, como aconteceu na série.

E, falando nele, Ivar, o Desossado, foi um líder viking que invadiu a Inglaterra e a Irlanda. As sagas também sugerem que ele foi filho de Ragnar e Aslaug e, ao lado de Ubba, foi um dos comandantes dos dinamarqueses em seu retorno à Ânglia Oriental em 869. Sobre sua morte, a versão mais aceita é que ele foi vítima de uma doença repentina. Porém, uma vala comum descoberta na Inglaterra sugere que Ivar possa ter morrido em batalha, tendo um destino mais próximo do que foi apresentado em Vikings.



TecMundo