Fazer a análise de um game como Nintendo Switch Sports é um tanto complicado. Diferente do que aconteceu com seu antepassado distante chamado Wii Sports, essa versão para o console híbrido da Big N não chegou junto com o lançamento do videogame. Então, será que depois de tudo que já vimos que o Switch pode fazer, esse jogo pode surpreender? Confira na nossa análise completa e na videoanálise abaixo.

Uns esportes entram e outros saem

Se formos resumir o que é Nintendo Switch Sports, podemos facilmente dizer que ele é uma evolução do que o Wii Sports e Wii Sports Resort foi, não só nas mecânicas, mas também no hardware, obviamente. Switch Sports conta com o sistema de movimentos do Joy-con, que é bem mais preciso e inteligente que o saudoso Wii Remote e nem precisa do Wii Motion Plus, lembram dele?

O Sports para o Wii contava com cinco modalidades: tênis, beisebol, boliche, golfe e boxe. Agora temos seis: tênis, boliche, chambara (um esporte em que você deve derrubar o adversário do ringue usando uma espada de espuma), badminton, vôlei e futebol.

BadmintonBadminton é uma das novas modalidades adicionadas

Vamos falar rapidamente sobre os que já conhecemos primeiro. Tanto o tênis quanto o boliche são exatamente iguais aos de Wii, claro que com gráficos mais refinados, e animações mais bonitas, é como se fosse um remaster.

O vôlei, apesar de já termos visto no Resort, está bem diferente do que era. Agora, ele conta com uma visão mais parecida com a do jogo de tênis que vem de trás dos jogadores. Caso você e mais um amigo estejam jogando em times opostos a tela se divide.

Chambara é uma modalidade que só quem teve o Wii Sports Resort conhece, é tipo o kendô. Devo dizer que a versão de Wii tinha mais modos nesse esporte que deixavam as coisas bem mais legais. Agora temos apenas três opções de duelo:

  • Normal: com uma espada

  • Espada energizada: nesse modo cada vez que você faz uma defesa bem sucedida sua espada carrega e ao atacar segurando o botão “R” você joga seu adversário mais longe

  • Espadas gêmeas: aqui você usa duas espadas, com o tempo seu personagem carrega uma barra de especial que permite dar um golpe poderoso.

São divertidos, mas sentimos falta dos vários modos que o Wii Sports Resort oferecia nessa modalidade.

chambChanbara já havia aparecido em Wii Sports Resort, só que com mais opções

Como uma observação final: a Nintendo já informou que vai adicionar o golf, modalidade que já tinha no Wii Sports em breve em uma atualização gratuita. 

Falando dos novos esportes, temos o Badminton que nada mais é do que uma versão mini do tênis e onde se joga com uma peteca e não com uma bola. Os movimentos são exatamente iguais aos da versão virtual do esporte de Gustavo Kuerten, as únicas diferenças são que as partidas são muito mais rápidas e jogadas apenas 1 contra 1.

O mais diferente é o futebol. Quem já jogou Rocket League vai notar uma certa semelhança. Esse é o único dos esportes que requer os dois Joy-cons para jogar (Não contando o modo espadas gêmeas do Chambara). O objetivo é óbvio: fazer gols no adversário.

De todas as modalidades presentes, essa é a mais complexa e requer que você use os analógicos para se mover, além de ter uma barra de vigor para usar corridas. Ela também conta com três modos: 1 vs 1, 4 vs 4 e Pênaltis.

futO futebol é, por muito, a opção mais divertida e diferente dentre os esportes presentes

Para jogar o modo pênaltis é preciso ter aquela Leg Strap (quem comprar a versão física do game vai receber uma), ou pode dar aquela adaptada básica bem brasileira, no meu caso eu colei o joy-con na perna com uma silver tape, ficou ótimo… só que não. A Nintendo nos disse que vão enviar uma Leg Strap para podermos ter a experiência completa, então fiquem ligados pois em breve teremos algum vídeo aqui pagando mico com o acessório.

Fora do âmbito gameplay, o jogo não tem muito a oferecer. É possível montar seu avatar, aqui chamado de “Sportsmates”, ou usar velhos Miis. Existem pouquíssimas opções de roupas, cabelos e acessórios, mas aparentemente, pelo que pudemos explorar dos menus, será possível ganhar mais coisas assim quando os servidores abrirem e pelo que entendemos, só é possível ganhar coisas jogando online. Isso é uma pena, mas é compreensível, já que não existe “modo campanha”.

Vale a Pena?

O Nintendo Switch Sports é um game divertido e bom para dar aquela movimentada, contudo, parece ser um jogo um pouco capado. O Wii Sports resort contava com um número muito maior de modalidades divertidas.

Além disso, ele não parece trazer inovação nenhuma, apesar das mudanças no vôlei e a extremamente divertida estreia do futebol, o game deixa um pouco a desejar. Uma das perguntas que me vem à cabeça é: porque tiraram o boxe? Um dos esportes mais legais e que mais proporcionam movimentação.

Os sportsmates, os avatares que criamos para jogar, são muito mais carismáticos e bem-feitos do que os Miis e isso foi uma adição bem-vinda para quem achava os Miis bem estranhos, que é o meu caso.

sportsmatesOs Sportsmates são bem mais legais e carismáticos do que os Miis

O jogo também está  totalmente localizado em portugues brasileiro o que é um ponto extra bem legal, apesar de o game não fazer muito uso de dublagem.

No final das contas, o jogo é bom, mas eu esperava mais do Nintendo Switch Sports, o Wii me trouxe muitas alegrias, talvez por conta do fator novidade de usar controles de movimento, entretanto isso foi lá para 2006/2007, já faz quase 16 anos, o sarrafo subiu bastante e o console híbrido da Big N tem bem mais potencial para oferecer.



TecMundo