A Microsoft divulgou, na terça-feira (26), o relatório fiscal do primeiro trimestre de 2022, o que fez as ações da empresa subirem até 6%. A receita trimestral da companhia foi de US$ 49,36 bilhões, acima dos US$ 49,05 bilhões esperados pelos analistas. Além disso, o valor das ações ficou cerca de 1% acima do esperado anteriormente, totalizando US$ 2,22 por ação.

A receita da companhia obteve um aumento de 18% ano a ano; no trimestre anterior, esse número foi de 20%. Essa foi a menor superação de lucro da Microsoft desde 2018, com as expectativas para o trimestre sendo ultrapassadas em menos de 1%.

A receita da Microsoft ficou cerca de 1% acima do esperado para o trimestreA receita da Microsoft ficou cerca de 1% acima do esperado para o trimestreFonte:  Reprodução: Surface/Unsplash 

O segmento Intelligent Cloud, que inclui a nuvem Azure e outros serviços corporativos, gerou uma receita de US$ 19,05 bilhões. O valor é 26% maior do que o montante alcançado pela empresa no mesmo período no ano passado.

A receita da divisão também superou as expectativas de US$ 18,9 bilhões. Além disso, o faturamento do Azure cresceu 46% em comparação com o trimestre anterior, ficando 0,7% acima do esperado.

Windows e compra da Blizzard

A divisão Windows da Microsoft também observou crescimento. A receita de vendas de licenças do sistema operacional, por exemplo, aumentou 11% no primeiro trimestre de 2022. Além disso, o segmento de computação pessoal, que inclui Windows, Xbox, publicidade em buscas e Surface, gerou uma receita de US$ 14,52 bilhões, que também representa aumento de 11% em relação ao trimestre anterior.

Um dos fatores que pode ter impulsionado esse resultado é a compra da Activision Blizzard pela Microsoft em janeiro. O movimento faz parte de uma expansão do catálogo de jogos do serviço Xbox Game Pass, no qual a empresa vem investindo nos últimos meses.



Olhar Digital