Há alguns meses, o YouTube revelou que o formato de vídeos curtos Shorts ultrapassou mais de 5 trilhões de visualizações em um período de dois anos — o lançamento da novidade foi realizado em setembro de 2020. Agora, a companhia anunciou que está experimentando a exibição de publicidades nos vídeos curtos da plataforma.

Em uma reunião com investidores, o diretor de negócios do Google, Philipp Schindler, disse que a companhia está ansiosa por receber feedback e resultados iniciais dos anunciantes que estão divulgando seus produtos/serviços do YouTube Shorts. Atualmente, a plataforma de streaming gera em média 30 bilhões de visualizações com os vídeos curtos.

“Como sempre fizemos com os produtos, focamos primeiro em criar uma ótima experiência do usuário e trabalharemos para gerar monetização ao longo do tempo”, disse o CEO da Alphabet e Google, Sundar Pichai.

Os criadores podem publicar vídeos de até 60 segundos no YouTube ShortsOs criadores podem publicar vídeos de até 60 segundos no YouTube ShortsFonte:  YouTube 

Teste em andamento

De acordo com informações divulgadas pelo Bloomberg, Schindler revelou sobre o teste de anúncios do Shorts em uma reunião com investidores nesta última terça-feira (26). Por enquanto, a companhia está testando apenas propagandas que sugerem a instalação de aplicativos.

Até o momento, o YouTube não revelou se parte da receita gerada com as propagandas nos vídeos curtos serão repassadas aos criadores de conteúdo.



TecMundo