Além de um dos maiores cantores de heavy metal do país, o Detonator também é fera nos games. Bruno Sutter, humorista, ator e músico que dá vida ao ídolo do rock, se tornou nesta semana o 1° colocado no ranking mundial de Enduro, um dos maiores clássicos do Atari 2600.

O feito já foi homologado pelo Twin Galaxies, uma das principais organizações que promove grandes proezas de jogadores de video games. Com 4,637.8 pontos, o brasileiro ultrapassou Garrett C. Holland (atual 3° colocado com 3,339.8 pontos) e Christian Lee Keilback (2° colocado com 4,387.6 pontos).

O recordista havia chegado na 3ª colocação do ranking em março e estava perseguindo a 1ª colocação há mais de 3 semanas. De acordo com ele, foram “longas madrugadas” até que o objetivo fosse alcançado.

Enduro

O humorista, que teve a pontuação homologada após gravar e submeter o vídeo da partida para a organização dos Twin Galaxies, contou ao Voxel que bateu o recorde depois de ter voltado a jogar Atari após mais de 2 décadas.

Ele relatou que quando morava em Petrópolis, no final da década de 80, a cidade sofreu com uma devastação após a queda de uma barreira. Na época, todos os amigos de Sutter se mudaram e ele ficou bastante sozinho. Meses depois, porém, ele ganhou o Atari de aniversário e encontrou no jogo Enduro uma forma de se divertir mesmo que de maneira solitária.

“Quando veio a pandemia fiquei em uma situação parecida, meio isolado. E daí eu lembrei do meu Atari e levei ele para a sala para começar a jogar. Então o video game acabou me servindo como uma companhia nos momentos de solidão da vida e ainda me deu de presente esse 1° lugar no mundo em Enduro”.

Quais os próximos recordes?

Sutter, que ficou bastante conhecido no Brasil por conta do grupo de humor Hermes & Renato, diz que está curtindo a conquista pessoal. Ele cita que escolheu Enduro porque era o único jogo que ele tinha no Atari e que foi nesse game que ele gastou horas e horas quando era jovem.

Questionado se tentará buscar outras marcas em outros títulos, ele confessa que ainda não pensou no assunto. Apesar disso, ele não descarta a possibilidade de encarar novos desafios.

Bruno Sutter

“O problema é que tem muitos jogos que travam quando chegam em um número específico. Por exemplo o River Raid, que eu jogo bem também. Quando chega em 1 milhão de pontos ele trava, então tem um monte de gente que está em 1° lugar no Twin Galaxies com essa pontuação”.

Ele finalizou com uma promessa. “Eu penso em segurar meu recorde [no Enduro] e se alguém tentar bater eu vou cobrir”.



Olhar Digital