Você costuma usar alguma planilha de gasto mensal? Esse tipo de arquivo ajuda a organizar as finanças pessoais e auxilia no bom planejamento financeiro. Dessa forma, é provável que você consiga administrar o seu dinheiro de modo satisfatório.

Afinal, já ouviu alguém dizer que recebeu o pagamento do mês, mas acabou tão rápido que não sabe onde o dinheiro foi parar? Isso é sinal de que a pessoa precisa melhorar o controle de seu orçamento.  Existem diversos modelos de planilhas que podem ser úteis.

Quais são os principais tipos de planilhas de gastos mensais?

Existem diferentes planilhas de gastos mensais, geralmente, esse tipo de organização das finanças pessoais é dividido conforme os objetivos que a pessoa deseja atingir.

Além disso, é válido destacar que é possível criar modelos a partir do zero que sejam totalmente adaptados à sua necessidade pessoal, ou então, usar bases prontas disponibilizadas por meio de aplicações, como o Google Planilhas ou Excel.

Confira sete exemplos de planilhas mensais.

1. Planilha de planejamento financeiro completo

O Google Planilhas disponibiliza um modelo de planejamento financeiro mensal completoO Google Planilhas disponibiliza um modelo de planejamento financeiro mensal completo.Fonte:  Fonte: Google Planilhas/ Reprodução

O primeiro modelo é o mais comum, sendo o responsável por possibilitar uma visão geral sobre todos os recebimentos e as despesas durante o mês. Portanto, é importante incluir tanto os gastos fixos como os variáveis. Dessa forma, é mais fácil compreender qual o valor necessário receber mensalmente para cobrir os principais custos pessoais ou familiares.

Só para exemplificar, o Google Planilhas tem uma planilha de orçamento mensal que permite comparar os valores de rendas e despesas planejadas com a realidade, ajudando na compreensão do verdadeiro cenário financeiro.

2. Planilha de controle de gastos com alimentação

A planilha mensal pode ser usada para mapear o valor gasto com alimentosA planilha mensal pode ser usada para mapear o valor gasto com alimentos.Fonte: Fonte: Shutterstock /Reprodução

As planilhas de custos mensais também servem para rastrear a quantia de dinheiro que uma despesa específica está consumindo ao longo do mês, ou seja, calcular a quantidade do orçamento destinada para uma determinada área.

Nesse caso, um exemplo são os gastos com alimentação, existe a possibilidade de fazer uma planilha que ajuda a definir por categorias o valor utilizado para comprar comida. Por exemplo, compras no supermercado, restaurantes, delivery de aplicativos, entre outros.

3. Planilha de custos com transportes

Outro uso comum das planilhas de gastos mensais é para calcular os custos com transportes. Nesse caso, entre outras coisas, é importante incluir:

  • necessidade de locomoção diária ou semanal;
  • despesas com carro (documentação, manutenção e assim por diante);
  • preço dos combustíveis;
  • passagem transporte público.

4.  Planilha de gastos mensais com itens pessoais

Esse tipo de planejamento financeiro é mais individual e tem por objetivo definir o valor mensal gasto com artigos pessoais, aqueles usados para o cuidado próprio. Por exemplo:

  • produtos de higiene (pasta de dente, sabonete, entre outros);
  • cosméticos;
  • academia;
  • salão de beleza.

Nesse tipo de planilha, a ideia é ser o mais específico possível para você conseguir compreender como funcionam as suas despesas pessoais.

5. Planilha de despesas educacionais

As planilhas de gastos mensais educacionais ajudam identificar os custos indiretos envolvidos com a educaçãoAs planilhas de gastos mensais educacionais ajudam identificar os custos indiretos envolvidos com a educação.Fonte:  Fonte: Microsoft/ Divulgação 

Outro tipo de planilha de gastos mensais são as utilizadas para controlar as despesas educacionais, por exemplo, a Microsoft disponibiliza modelos específicos para organizar o orçamento da faculdade.

É importante que as planilhas educacionais incluam os custos diretos, como o pagamento de mensalidade de cursos, mas também outras despesas indiretas relacionadas à educação. Dentre essas, é interessante citar:

  • diversos materiais (canetas, lápis, caderno, entre outros);
  • internet;
  • transporte;
  • alimentação.

6. Planilha para administração de uso do cartão de crédito

Em muitas situações, o cartão de crédito é um excelente aliado na hora de fazer compras. No entanto, é necessário saber administrar corretamente o uso do crédito para evitar contrair dívidas que não consiga pagar.

Sendo assim, para ajudar a manter as finanças pessoais em ordem, você pode elaborar uma planilha que contenha informações, como:

  • juros do cartão;
  • compras parceladas;
  • data de vencimento;
  • melhor dia para compras.

7. Planilha para organização de dívidas

Se você já está endividado, o ideal é elaborar um planejamento financeiro que ajude a estipular o valor que é possível reservar por mês para o pagamento de seus débitos. Para isso, é útil usar uma planilha em que possa anotar os detalhes de todas as suas dívidas.

Nessa circunstância — se houver algum tipo de acordo — é bom registrar as datas de vencimentos dos novos pagamentos e quantidade de parcelas.

E no seu caso, como está o seu controle financeiro pessoal? Você usa algum modelo específico de planilha de gastos mensais? Compartilhe a sua experiência nos comentários!



TecMundo