De acordo com um relatório publicado pelo dfndr lab, laboratório especializado em cibersegurança da PSafe, foram encontrados quase 500 perfis falsos usando nomes de plataformas de streaming no Twitter, Facebook, TikTok e Instagram. A rede de contas aplica golpes nas vítimas e, ao todo, já representa cerca de 654 mil seguidores e 2,5 milhões de curtidas.

Os perfis falsos se passam por diversos serviços de streaming, como a Netflix, Amazon Prime Video e Disney Plus. Assim, os criminosos oferecem “assinaturas gratuitas” aos usuários e roubam as informações pessoais em um site de cadastro falso, além de também disseminarem malwares.

“As mensagens de phishings podem chegar via SMS, aplicativos de mensagem ou e-mail. Ao clicar, a vítima é direcionada para um site falso, onde há um formulário de cadastro para que a vítima receba o código da suposta assinatura grátis. Porém, as informações fornecidas pela vítima nesse falso cadastro serão utilizadas posteriormente para aplicar novos golpes”, disse o executivo-chefe de segurança da PSafe, Emilio Simoni.

Site de cadastro falso usado em um dos golpesSite de cadastro falso usado em um dos golpesFonte:  PSafe 

Cuidado com perfis falsos

As páginas falsas de cadastros requisitam CPF, endereço, número de telefone e até dados de cartão de crédito. Dessa forma, os criminosos usam os dados para realizar furtos de perfis em redes sociais, empréstimos e clonagem de cartões de crédito. Para não cair em golpes realizados por perfis falsos, Simioni sugere a instalação de um software de segurança.

Entre janeiro a abril deste ano, a dfndr bloqueou o correspondente a um perfil falso por hora.Entre janeiro a abril deste ano, a dfndr bloqueou o correspondente a um perfil falso por hora.Fonte:  PSafe 

A PSafe também destacou algumas dicas de segurança para que os usuários possam ficar alertas:

  • Instale uma solução de segurança em seu dispositivo;
  • Verifique se a página que você está seguindo é oficial e confiável;
  • Evite clicar e compartilhar links de fontes desconhecidas, especialmente os que forem compartilhados via aplicativos de troca de mensagem e redes sociais;
  • Nunca informe dados pessoais em links de procedência duvidosa;
  • Crie o hábito de duvidar das informações compartilhadas na internet, principalmente quando se tratar de: supostas promoções, brindes, descontos ou promessas de emprego.



Olhar Digital