O Google TV é uma plataforma potente para televisões e Chromecast que reúne diferentes apps de streamings em apenas uma interface. Agora, a plataforma finalmente foi disponibilizada para Android e iOS no Brasil, podendo ser utilizado em aparelhos móveis, como no celular ou em tablets.

Substituindo o antigo Google Play Filmes, a nova versão mobile organiza os conteúdos, oferece soluções inteligentes de recomendação para o usuário e é compatível com alguns dos maiores streamings disponíveis atualmente, incluindo Amazon Prime Video. É importante ressaltar, porém, que nem todas as plataformas estão disponíveis na versão mobile do Google TV.

Quais apps de streaming funcionam com o Google TV no celular?

A lista atual de aplicativos compatíveis com o Google TV mobile inclui sete serviços, com os destaques sendo Prime Video, Disney+ e HBO Max. Nomes populares como Netflix e Star+ acabaram ficando de fora da integração inicial no celular, o que impede recomendações direcionadas para essas plataformas.

Confira todas as plataformas compatíveis com o Google TV:

  • Prime Video
  • Discovery+
  • Disney+
  • Globoplay
  • HBO Max
  • Viki

O Google TV afirma que avisará os usuários quando mais plataformas de streaming forem adicionadas no aplicativo.

Como acessar os streamings no Google TV

Assim que acessar o Google TV pela primeira vez, o usuário deve se deparar com uma lista com todos os streamings compatíveis. Basta selecionar as plataformas que você assina e pronto. O app deve mostrar várias recomendações de títulos disponíveis nos streamings escolhidos.

Google TV

Caso você queira ativar ou desativar a integração do Google TV com os apps de streaming após a configuração inicial, basta seguir o seguinte caminho:

1 – Abra o app do Google TV;
2 – Clique na sua foto de perfil, no canto superior direito;
3 – Selecione “Gerenciar Serviços”;
4 – Marque a caixa dos streamings que você quer integrar com o Google TV.

Quando se interessar por algum filme ou série, basta clicar nele e depois na opção “Assista Já”. Feito isso, os usuários são redirecionados para os aplicativos dos streamings, que devem estar baixados e logados no celular ou tablet.



TecMundo