Apesar de o Google Chrome, o Mozilla Firefox e o Microsoft Edge serem alguns dos navegadores de internet mais conhecidos e populares, existe uma porção de outros browsers disponíveis no mercado. Cada ferramenta de navegação tem suas próprias especificidades, com vantagens e desvantagens que podem ter diferentes pesos para diferentes usuários.

Um dos navegadores alternativos do mercado que possui uma base fiel de fãs é o Vivaldi. O browser promete prezar pela privacidade e oferece muitas opções de personalização para deixar tudo com o seu toque pessoal.

Confira mais detalhes sobre a solução e veja se o Vivaldi é capaz de substituir navegadores como o Chrome na sua rotina.

Vantagens do navegador Vivaldi

Lançado em 2015 pelo criador do Opera, o Vivaldi é até bem novo em comparação com os concorrentes — e o time por trás do programa usou isso ao seu favor na hora de criar o browser. O navegador busca se diferenciar dos demais ao oferecer algumas vantagens bem legais.

Privacidade acima de tudo

No topo da lista de “coisas que o Vivaldi faz melhor” temos a preocupação dos devs com a privacidade dos usuários. O browser oferece, por exemplo, diferentes opções de configurações de bloqueio e rastreio, impedindo por exemplo a exibição de anúncios e/ou o uso de rastreadores durante a navegação na web. O programa também promete uma cada extra de segurança com a sincronização entre dispositivos usando um sistema de criptografia ponta a ponta.

O Vivaldi oferece diferentes níveis de privacidade e segurançaO Vivaldi oferece diferentes níveis de privacidade e segurançaFonte:  TecMundo/Vivaldi/Reprodução 

Muitos recursos

Com forte apela àqueles que costumam deixar dezenas de abinhas abertas ao mesmo tempo, o Vivaldi tem uma opção de configuração que permite empilhar todas as abas, deixando tudo mais compacto e organizado. Outro recurso interessante é o Painel Flutuante, onde é possível acessar de maneira rápida algumas informações como favoritos, downloads, histórico e até mesmo uma ferramenta de tradução.

Já o Mosaico de Páginas permite visualizar diversas abas ao mesmo tempo, dividindo a tela na vertical, na horizontal ou em grade. Mais recentemente, o programa ganhou até mesmo um cliente de e-mail integrado.

Altamente personalizável

De cara, ao instalar o browser, já é possível começar a deixar tudo com a sua cara. O programa oferece algumas opções de visual diferentes, mas também é possível personalizar tudo ainda mais ao criar o seu próprio tema. O navegador ainda permite alterar a disposição dos itens na tela de maneira simples, apenas arrastando os elementos com o mouse.

O navegador oferece muitas opções de personalização, incluindo diversos temasO navegador oferece muitas opções de personalização, incluindo diversos temasFonte:  TecMundo/Vivaldi/Reprodução 

Desvantagens do Vivaldi

Infelizmente, o navegador não é perfeito. A seguir, você confere algumas das principais desvantagens que podem afastar usuários de navegadores como o Chrome do Vivaldi.

Desnecessariamente complicado

Se você já acostumou com as facilidades do Chrome, principalmente em relação ao uso, provavelmente a tela de configurações do Vivaldi vai te assustar um pouquinho. O browser até permite personalizar a experiência com opções mais superficiais de maneira simples e prática, mas a coisa muda bastante quando o usuário se aventura na tela de configuração.

São muitas opções e a maioria não conta com desdobramentos nas explicações, o que pode ser um empecilho e tanto para novos usuários.

A tela de configurações do Vivaldi é bem menos intuitiva e amigável que a do ChromeA tela de configurações do Vivaldi é bem menos intuitiva e amigável que a do ChromeFonte:  TecMundo/Vivaldi/Reprodução 

Alto consumo de memória

Como potencial rival do Chrome, o Vivaldi acaba pecando bastante no quesito performance: o navegador consome tanto ou até mais processamento do que o browser do Google. Sendo assim, o programa não é recomendado para quem usa computadores um pouco menos potentes ou até mesmo para quem simplesmente prefere uma experiência mais leve e fluida, que impacte menos no consumo de RAM do PC.

Vale a pena usar o Vivaldi?

Se você tem um computador razoavelmente recente, com placa de vídeo e processador não muito antigos e bastante RAM, a experiência de uso do Vivaldi pode ser muito, muito boa — principalmente graças aos recursos extras e ao alto nível de personalização do programa.

Agora, se o seu PC ou notebook não é lá essas coisas, talvez seja melhor continuar usando o Chrome ou, preferencialmente, algum outro browser mais leve, como o Microsoft Edge e o Opera.



TecMundo