O PicPay oficializou nesta segunda-feira (11) a sua entrada no mercado de criptomoedas, que incluirá, em breve, a criação de uma exchange e a chegada de várias novidades para os usuários do app de pagamentos. Uma delas será a possibilidade de comprar e vender moedas digitais na plataforma.

Com estreia prevista para agosto, a compra de criptomoedas no app da fintech vai incluir, a princípio, Bitcoin e Ethereum, os dois principais criptoativos do mercado no momento. Na estreia, clientes da empresa também poderão adquirir a USDP, lastreada em dólar.

Se as opções de criptoativos serão limitadas no início, a meta da instituição financeira é negociar em torno de 100 criptomoedas até o final do ano, conforme revelou o cofundador do PicPay, Anderson Chamon, ao NeoFeed. Até lá, a exchange da marca deverá estar funcionando de forma mais ampla.

A moeda digital do PicPay deve ser lançada até o final do ano.A moeda digital do PicPay deve ser lançada até o final do ano.Fonte:  PicPay/Divulgação 

A fintech também vai oferecer, aos seus mais de 30 milhões de clientes, a oportunidade de realizar transações utilizando criptoativos. Segundo o executivo, será possível quitar boletos, pagar compras em lojas físicas e até mesmo transferências via Pix usando os criptoativos armazenados na carteira digital.

BRC: a criptomoeda do PicPay

Outra novidade anunciada pela empresa é a criptomoeda do PicPay. Batizada de Brazilian Real Coin (BRC), ela será lastreada em real e também poderá ser utilizada nas várias opções de transações de pagamentos oferecidas por meio do app da plataforma.

Conforme Chamon, a meta é listar a BRC nas principais corretoras de criptomoedas do mundo, possibilitando o seu uso de forma global. A stablecoin, que valerá R$ 1 e estará disponível para compra mesmo para não clientes da fintech, deve ser lançada até o final de 2022.

As iniciativas da empresa no mercado cripto incluem ainda a disponibilidade de uma plataforma de tokens não-fungíveis (NFTs), permitindo a negociação dos ativos diretamente na carteira digital.



Olhar Digital