Nesta segunda-feira (11) foi divulgada a primeira imagem científica feita pelo Telescópio Espacial James Webb (JWST). A foto foi anunciada em uma transmissão ao vivo pelas redes sociais, pelo presidente americano Joe Biden, a vice-presidente Kamala Harris e Bill Nelson, administrador da NASA (agência espacial dos Estados Unidos)

A imagem mostra o cluster (agrupamento) de galáxias SMACS 0723, cheio de detalhes. São centenas de galáxias distantes, jamais vistas com tanta clareza. Segundo a NASA, a imagem cobre um pedaço do nosso céu equivalente a um grão de areia visto da distância de um braço esticado.

jwstPrimeira imagem científica do Telescópio Espacial James Webb mostra o agrupamento de galáxias SMACS 0723 (Créditos: NASA, ESA, CSA, and STScI)

O cluster SMACS 0723 é visto na imagem como estava há cerca de 4,6 bilhões de anos. Como esses corpos celestes estão muito distantes, a luz deles demora para chegar até nossa área no universo. Assim, quando olhamos pelos telescópios, vemos o passado.

O JWST é um telescópio de infravermelho capaz de revelar detalhes do universo que nossos olhos e telescópios mais antigos não conseguem captar. O aparelho foi lançado ao espaço no dia 25 de dezembro de 2021, após uma série de adiamentos. Como o custo total do equipamento ficou em cerca de 10 bilhões de dólares (quase R$ 54 bilhões no câmbio do dia 11/07/2022), os cientistas escolheram esperar pelo momento mais adequado e seguro para o lançamento.

O super telescópio, considerado sucessor do Hubble, é fruto de uma parceria entre a NASA, a Agência Espacial Europeia (ESA) e a Agência Espacial Canadense (CSA). Segunda a NASA, o principal parceiro industrial do projeto é o Northrop Grumman.

Antes da divulgação da imagem, Kamala Harris disse que a foto só foi possível graças ao trabalho de milhares de trabalhadores que dedicaram anos de suas vidas ao projeto, e destacou a união de diferentes países no empreendimento. “O JWST nos permite ver o universo mais profundamente e com impressionante clareza, isso só foi possível pela parceria entre as nações”, disse a vice-presidente.

A imagem divulgada nesta segunda-feira é apenas o início das operações científicas do JWST. Na terça-feira (12), uma nova leva de fotografias será lançada pela NASA. A divulgação pode ser acompanhada neste link.

De acordo com a agência, astrônomos do mundo todo puderam se inscrever para usar uma porção do tempo disponível do telescópio para este primeiro ciclo. Já os primeiros “alvos” do equipamento foram definidos por um comitê de representantes das instituições responsáveis pela construção e operação do JWST.



TecMundo