Recentemente, em uma entrevista exclusiva ao jornal The New York Times, Bob Odenkirk, famoso principalmente por ter vivido o personagem Saul Goodman tanto em Breaking Bad quanto Better Call Saul, falou sobre sua preferência com relação às duas produções de sucesso da AMC.

Segundo o ator, a narrativa apresentada em Breaking Bad consegue ser mais consistente, enquanto seu spin-off, Better Call Saul, que atualmente vem exibindo sua 6ª e última temporada na Netflix, é um pouco mais restrita em termos de conteúdo.

“Acho que Breaking Bad é um tipo de história mais universal. Trata-se de uma crise de meia-idade, cujos perigos são mais impressionantes. Além disso, há mais armas voando por aí e o personagem principal está interagindo com traficantes em todos os momentos”, refletiu ele.

“Esse não é o caso do show que protagonizo, pois é uma série mais interna. É uma jornada estranha. Inclui muitos prós e contras de ser um advogado. Só vai ser menos relacionável por causa do assunto”, argumentou.

“Contudo, os escritores descobriram inúmeras maneiras de fazer com que as pessoas pudessem entender algumas das tensões e pressões que esses personagens enfrentam para, assim, relacionar tudo isso com suas próprias jornadas pessoais”, concluiu Odenkirk.

(AMC/Reprodução)(AMC/Reprodução)Fonte:  AMC 

Breaking Bad e Better Call Saul: saiba mais sobre as séries

Criada pelo roteirista Vince Gilligan, Breaking Bad estreou em janeiro de 2008, tendo sua 1ª temporada impactada diretamente pela greve dos roteiristas de Hollywood. No entanto, isso não impediu que a produção fizesse bastante sucesso, indicada a inúmeros prêmios, incluindo o Emmy Awards.

Inclusive, Bryan Cranston concorreu em seis edições do Emmy, vencendo quatro vezes como Melhor Ator em Série Dramática por seu desempenho como o protagonista Walter White. O rendimento assertivo da série ainda levou os roteiristas ao desenvolvimento de um filme inédito, lançado em 2019, focando em Jesse Pinkman (vivido por Aaron Paul).

Além dele, o spin-off Better Call Saul chegou à AMC em 2015. A produção trouxe o advogado Saul Goodman (Odenkirk) para o centro das atenções e criou questões interessantes dentro desse universo dramático.

Se você ainda não teve a oportunidade de assistir, aproveite que ambas as séries estão disponíveis no catálogo brasileiro da Netflix.



TecMundo