Filho de Bolsonaro é suspenso de plataforma de vídeos por violar políticas de conduta de ódio | Games

Filho de Bolsonaro é suspenso de plataforma de vídeos por violar políticas de conduta de ódio | Games


Jair Renan Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro, teve sua conta suspensa da Twitch por violar políticas de conduta de ódio da plataforma de transmissão vídeos focada em games.

“De acordo com nossas políticas de conduta de ódio, Renan Bolsonaro foi suspenso temporariamente da Twitch por comentários feitos em sua stream e o conteúdo foi removido”, afirmou a plataforma através de sua assessoria de imprensa.

Em seu perfil no Twitter, Renan afirmou que tinha sido banido por fazer uma piada durante uma transmissão.

“Interessante é que a rede social mantém perfis que disseminam claramente a misandria (ódio, o desprezo ou o preconceito contra homens ou meninos), mas não suportam uma brincadeira, por mais pesada que fosse”, escreveu ele.

Em um vídeo que foi compartilhado nas redes sociais, ele joga um game e nega a existência da pandemia do novo coronavírus.

“Que pandemia? Isso é história da mídia aí, para trancar você dentro de casa, para achar que o mundo está acabando. É só uma gripezinha, irmão”, disse Renan.

No Twitter, ele afirmou que fez apenas uma piada, e que ela foi tirada de contexto.

“Muitos perfis utilizaram a brincadeira fora de contexto e diante toda essa briga política. Fui prejudicado. A ânsia de atacar alguém que afete o presidente da república é maior do que apurar uma simples piada e respeitar a liberdade de expressão.”

Nesta quinta-feira (30), ele publicou o trecho da transmissão, na qual diz que prefere “morrer transando do que morrer tossindo”, e a compara a uma declaração feita pelo cantor Leonardo.





Todos os direitos reservados a fonte

Deixe uma resposta

Fechar Menu